IMG_5242 2.heic

I WILL TAKE THE RISK
Exposição Colectiva | AZAN, Novembro,  2020

 

IMG_5241 3.heic
IMG_5265 4.heic

Failing is diferente from Quiting, 2020
Mastro em madeira e tecido bordado
Dimensões variáveis
 

Quando aceitamos o risco, queremos o desafio. O risco é o confronto com a possibilidade do perigo e da novidade. É o assumir a falha ou o sucesso. Abrimos mão do conforto. O risco abre a porta à experiência e ao erro, a novos diálogos e à criação artística. “I WILL TAKE THE RISK” tem o intuito de avançar sem garantias, sem certezas, sem segurança.

Na exposição coletiva que se propõe, o risco é entendido como ação premeditada. É a implicância de mudança – o arriscar. O risco é catalisador e culpado, opera transformações. É a porta aberta para o que está por vir. O risco é o desafio a ser encarado de frente, é o surgir de novas experiências. O resultado pode ser desastroso, nulo, compensador ou épico.

O atelier é o espaço que convida o artista a confrontar-se constantemente e de forma deliberada com o risco.

TEXTO: TOMAZ HIPÓLITO / BEATRIZ JOSÉ